domingo, 28 de agosto de 2011

Os Novos Botões do Facebook - quem dera.. rs

Valeu a pena



O sofrimento geralmente acontece por algo que algum dia valeu a pena.
Ser feliz é sorrir e chorar. Quem vive só de risadas apenas existe.

Arrisque -se

Só quem arrisca sofre, mas só quem arrisca sabe o que é ter momentos que valem a pena.

Quem não arrisca não quebra a cara, mas também não vive.

Medo de errar

Incrível como temos o “poder da escolha” e ele nos leva aos dois extremos sempre: a liberdade por poder escolher, mas também e a prisão por medo de errar.

A falta

Algumas discussões são necessárias. Só mostram o quanto o vínculo tem se fortalecido, e a falta doeria demais
Existem essoas que pulam de galho em galho atrás de amigos, entretanto estes não são amigos mas sim estepes. Preserve os verdadeiros, os raros, os poucos

Limite

Eu tenho um limite, e quando eu chego lá paro de me esforçar. Por quem quer que seja

Vale a pena..

Uma pessoa que faz nosso coração bater mais forte e a nossa adrenalina subir nunca nos deixará em dúvida se ela vale a pena.

Melhores momentos

Eu quero estar com você nos melhores momentos da sua vida. Eu quero andar com você de mãos dadas. Eu quero que todos olhem para a gente e falem “Eles formam o casal mais lindo mundo”. Eu quero passar tardes com você assistindo filmes bobos.  Eu quero morar com você. Eu quero acordar ao seu lado, e te levar café da manhã na cama. Eu quero ser o motivo dos seus mais sinceros sorrisos. Eu quero que você escute uma música romântica, e pense em mim.  Eu quero que todas as nossas brigas terminem na cama. Eu quero  te abraçar quando você estiver triste, e te prometer que tudo vai ficar bem. Porque eu estou do seu lado. Quero que você me conte seus segredos. Quero cuidar de ti quando estiver doente. Eu quero poder te beijar até perder o ar. Eu quero fazer parte da sua vida.

capacidade de amar

Apesar de todos os tropeços da vida, e suas frustrações que serão experiência ou danação de cada um, eu não perdi a capacidade de amar.

Tantos momentos

Existem tantos momentos que nem o tempo consegue apagar. O tempo não dá conta de apagar. Ou a gente não quer que apague. Nós apenas lembramos, assim; do nada. Vem na memória. E já não dói tanto

sábado, 27 de agosto de 2011

Indo..

Cada dia é um recomeço


Podemos achar que tudo que a vida nos oferece amanhã é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos reparar que nenhum dia é igual ao outro.
Cada manhã traz uma bênção escondida; uma bênção que só serve para este dia, e que não pode ser guardada ou reaproveitada. Se não usarmos este milagre hoje, ele se perderá.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto, porque ali encontramos a saída para as nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista certa para a decisão que precisa ser tomada.
Não podemos deixar nunca que cada dia pareça igual ao anterior – porque todos os dias são diferentes.
Paulo Coelho

O Próximo e o distante



O estar próximo ou distante limita-se ao espaço físico?
Quantos há, favorecidos pela proximidade física, que jamais chegarão a se conhecer?O estar distante é calar-se, omitir-se, negar-se, esconder-se, mascarar-se.É o não tentar, não se permitir errar, não aceitar as próprias limitações e as limitações alheias.E o voltar-se para si e para os próprios interesses.O estar próximo é estar em sintonia, é estar revestido pela essência do outro, é trazê-lo o outro sempre presente em seus pensamentos, em suas aspirações...É senti-lo pulsando ao ritmo do próprio coração.É estar impregnado por uma misteriosa energia que emana dos sentidos, que flúi livremente unindo, entrelaçando.É força de uma vibração intensa que não se extingue, e revigora!É ter a responsabilidade de zelar, de proteger aquele que, indistintamente, surja em nosso caminho.

Os poderes do tempo


Com o tempo, a gente se acostuma
às ausências mais doídas.Com o tempo, a gente se acostuma com tudo nessa vida.Quem é importante,mesmo estando distante,continua sendo amado.O tempo tem esse poderde fazer parecer que aqueles que amamosainda estão, como antes, ao nosso lado.Acaba o sofrimento,o coração se aquieta e a saudade só em alguns momentos nos atinge como uma flecha.Mas o tempo, também,pode ser ingrato e cruel,pode ir apagando da nossa mente os rostos que achar conveniente.Assim, se você ama alguém, realmente,mesmo estando distante,sempre se faça presente.Entenda que quando um rosto se apaga da nossa imaginação acaba se apagando também dentro do nosso coração.

O inquestionável poder da mulher fatal


Cleópatra seduziu Júlio Cesar e Marco Antônio, os dois homens mais poderosos de sua época. O poder que teve sobre Marco Antônio foi tanto que, quando Roma toda ficou contra ele, o suicídio foi a única saída. Na História encontramos muitos exemplos de mulheres fatais. A primeira e a mais competente de que se tem notícia parece ter sido mesmo Eva. Ao tentar Adão, teria provocado a desgraça, não só para ele, mas para todos nós.

No início do século 20, algumas cortesãs se misturavam com a alta sociedade e era chique um jovem ser arruinado por uma delas. Quanto mais dilapidavam uma fortuna, mais eram valorizadas. O rei Eduardo VIII, da Inglaterra, foi vítima dessa perigosa atração ao desistir do trono, em 1936, para se casar com uma divorciada americana. E há quem atribua à atração que Yoko Ono exerceu sobre John Lennon, na década de 70, o lamentável fim dos Beatles. Essas histórias são antigas, mas até hoje mulheres fatais parecem continuar por aí.

Quantos homens foram vítimas de femme fatales? Sempre se contaram histórias de homens que perderam tudo, ficaram na miséria tentando satisfazer todos os desejos da mulher amada. Elas exigiam apartamentos, joias, casacos de pele; e eles nem titubeavam, compravam tudo para elas. As mulheres “respeitáveis” observavam de longe e se perguntavam: “O que elas têm que eu não tenho?” E como o sexo devia ser contido para estas, era natural imaginarem que a resposta estava no prazer especial que as outras sabiam proporcionar aos homens. Mas será que o motivo dessa paixão obsessiva pode ser atribuído somente ao sexo? É pouco provável.
A ideia que se tem da mulher fatal é a de uma mulher atraente, tão irresistível que faz o homem abandonar tudo por sua causa e depois, então, acaba com ele, muitas vezes provocando tragédias. Dizem alguns que a femme fatale clássica se torna prostituta de categoria depois de ter sido abandonada por um namorado e dedica o resto da vida a se vingar nos homens que conhece. Mas, afinal, o que faz essas mulheres terem tanta força? Como conseguem dominar homens poderosos e submetê-los aos seus desejos?
Talvez a explicação se encontre na forma como as crianças são educadas na nossa cultura. Desde cedo o homem é ensinado a não precisar da mãe para não ser visto como frágil, “filhinho da mamãe”. Para isso, aprende a considerar a mulher inferior, a desprezá-la. Entretanto, essa atitude não passa de uma defesa por ter sido afastado da mãe quando ainda precisava de seus cuidados e carinho. A mulher, por sua vez, deve ser submissa ao homem, deixar que ele domine a relação e decida as coisas.
A mulher fatal, ao contrário, é forte, dominadora e habilmente induz o homem a fazer o que deseja. Desta forma, não é difícil ele se tornar dependente por encontrar nela a satisfação das necessidades reprimidas desde a infância: ser cuidado e dirigido por uma mulher. Com ela, pode se tornar menino, se sentir protegido. E é claro que sexualmente ela o satisfaz, já que não mede esforços para tê-lo nas mãos. A entrega dele é total. Não há dúvida de que a mulher fatal do século 21 é bem diferente das suas antecessoras, mas o fascínio exercido sobre o homem que a deseja não é em nada menor. Dificilmente ele resiste, é capaz de qualquer loucura por ela.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Ondulação e coloração para os cílios


Técnicas tingem e alongam as pestanas por um 

visual sexy definitivo


O rímel e o curvex são excelentes recursos para realçar o olhar. Mas como nem todas as mulheres têm paciência ou tempo para a rotineira produção matinal, procedimentos estéticos com efeito permanente podem ser alternativas eficientes. Saiba mais sobre ondulação e tingimento de cílios.

Ondulação de cílios
O mercado oferece dois tipos de técnicas: com e sem curvex antes da aplicação dos minibobes. Quando se usa a ferramenta, os cílios ficam mais alongados, e quando ela não é usada, o resultado é uma curvatura maior.
Com duração de até uma hora e meia, o procedimento é parecido com a ondulação feita nos cabelos. Minibobes específicos para os cílios são presos nas pestanas junto aos ativos químicos. Depois do tempo de pausa é só retirar os rolinhos. “A permanente funciona em qualquer mulher. Mas se a cliente lacrimejar muito durante o procedimento, as lágrimas podem se misturar com o produto, e ele pode perder a eficácia”, explica a maquiadora Márcia Dbritts, do salão Red Door.
De acordo com os profissionais consultados, a região dos olhos não sofre nenhum risco com o processo da permanente, mas o maquiador do salão Marcos Proença, Rosman Braz, insiste que as mulheres interessadas devem fazer um teste de alergia antes do procedimento. “Os produtos são antialérgicos, mas os olhos são muito sensíveis. E se a cliente já estiver com a região sensibilizada por qualquer outro motivo, aconselho a nem fazer”.
Procedimento: até 01h30min Duração: entre 45 dias a dois meses
Preço: R$ 150, em média

Coloração para os cílios
A coloração de cílios pode ser feita separadamente ou logo após do processo de ondulação. Márcia afirma que, ao realizar a técnica na sequência da ondulação, a duração é potencializada. Mas Rosman podera ao dizer que o melhor é esperar 24 horas entre uma técnica e outra. “Os olhos ficam muito sensíveis por conta da permanente, até porque é uma química em uma região delicada”, explica Braz.
Os tons usados variam entre castanho escuro e preto. “A cor vai saindo conforme a mulher lava o rosto, por isso o castanho acaba rápido e o preto dura mais”, diz o maquiador.

Procedimento: até 01h30min 
Duração: entre 45 dias a dois meses 
Preço: R$ 100, em média

Rímel nunca mais?Apesar de os olhos ficarem mais expressivos, a mulher não precisa abrir mão do uso de máscaras para cílios. Os maquiadores, inclusive, indicam o uso para arrematar o visual. “Nada substitui o volume do rímel”, diz Márcia._______________________________________________________
Red Door Salon & SPA: www.reddoor.com.br ou (11) 3045-5586
Salão Marcos Proença: www.marcosproenca.com.br ou (11) 3081-6218X 



segunda-feira, 22 de agosto de 2011

De Bar em Bar

Inspiração nipônica, clima de balada, música ao vivo, queda por esportes... Estes endereços vão ferver sua noite.

That's 70's Show
Escondido em um sobrado, o "Suite Savalas" tem música animada, mais nada que atrapalhe a conversa.
O que toca: Rock, jass, soul e new wave - as músicas formam a trilha sonora para a paquera.
Dress Code: Entre no clima retrô com uma blusa de estampa geométrica, blazer e jeans básico.
Para ir com: até 3 amigas.
Quando ir: às quartas, quando rola música ao vivo.
Lá você vai cruzar com: alternativos de camisa xadrez e universitários de barba mal feita. 
O melhor lugar pra paquerar: Na pista improvisada entre as mesas.
Para ser bem atendida: Os proprietários (bem gatos) Bruno Guida, Rodrigo Piza e Daniel Colli estão sempre por lá.
Para beber: Mojito com Blue Berry (R$19), que, além da frutinha escura leva rum, hortelã e soda.
Programe-se: funciona de quarta a sábado, das 21hs às 02:30hs.
Nas quartas e quintas, cobra-se couvert artístico (R$10)
consumação de R$20 às sextas e sábados.
Onde: Rua Mato Grosso, 398 - Higienópolis
telefone: 3259-4355


Pub Moderno
Inspirado no bairro de Nova York, de quem empresta o nome o "Tribeca Pub" espécie de Sportbar moderno reúne homens por causa da carta de cervejas e dos telões exibem programas esportivos.
O que toca: Rock e pop dos anos 90, de Foo Fighters a Cranberries.
Dress Code: Pode ir direto do trabalho, com uma camisa comportada, scarpin e saia de cintura alta.
Quando ir: Nas happy hours de quarta a sexta.
Para ir com: grupos grandes de amigos. A comanda individual facilita na hora pagar a conta.
Para beber: Caipirosca de morango e geleia de pimenta (R$16).
Lá você vai cruzar com: bonitões com mais de 30 anos que parecem  ter saido das ruas da Big Apple.
Programe-se: Abre de terça a sexta, das 17hs às meia-noite, e aos sábados das 11:30hs à meia-noite. Também funciona no almoço de segunda a sexta, das 11:30hs às 15:00hs.
Onde: Rua Ramos Batista, 378 - Vila Olimpia
telefone: 3842-5553


Jardim de Sonho
A grande atração do "The Garden" é a enorme área ao ar livre. Deques abrigam as mesas e um lago de carpas da o ar de sushi-bar.
Para ir com: aquele amigo com quem rola um clima a um tempão.
Lá você vai cruzar com: Bons moços jovens e animados, de camiseta branca e camisa listrada.
Para beber: Lady (R$17), feito com prosecco, licor curação, uva itália e cerveja ao maraschino.
Programe-se: Abre as 17hs e fecha as 23hs de terça a quinta e à meia-noite às sextas. Abre as 12:30hs e fecha a meia-noite aos sábados e as 22hs aos domingos.
Onde: Avenida Engenheiro Luis Gomes Cardim Sangiraldi, 20 - Vila Mariana
telefone: 5081-2787


Festival de Rock
Mistura de bar e casa de shows, o "Woodstoch Bar" faz jus a sua temática hippie: a estampa flower power decora os dois bares da casa e uma enorme perua cortada ao meio fica presa em uma parede.
O que toca: Rock clássico dos anos 60, 70 e 80. 
Quando ir: Nas happy hours, quando você não paga pra entrar.
Para ir com: amigo homens, que vão adorar o clube do uisque.
Dress Code: vá com um jeans, blusa branca, sapatilha enfeitada e uma faixa com flor no cabelo.
Para beber: Sweetwater (R$18), feito com gim, licor grand marnier, xarope de gengibre e suco de limão e laranja.
O melhor lugar para namorar: No lounge do mesanino, de onde da pra ver o palco e os gatos ao redor.
Lá você vai cruzar com: Homens de 30 e 40 anos, com o cabelo levemente grisalho à la Willian Bonner e ar de quem nunca perde o charme.
Programe-se: Funciona de quarta a sexta a partir das 18hs; aos sábados, a partir das 21hs. Cobra-se a entrada de 10 a 40 reais.
Onde: Rua Baltazar Fernandes, 54 - Brooklin
telefone: 5543-7000



Toaletes na Web

Precisa usar o banheiro? Acesse o site Bathroom Diaries (www.bathroomdiaries.com). É assim: você insere o nome da cidade ou país onde deseja encontrar um banheiro público e as opções aparecem na tela com informações sobre a condição de higiene do local, a distância, se é pago ou grátis...
Vai virar atração turística... rs....

PS: será que da tempo? rsrs

domingo, 21 de agosto de 2011

amor próprio



Amar a si mesmo é um requisito fundamental para que o ser humano possa vivenciar a felicidade. Embora tenhamos aprendido que a auto-estima é individualista e egoísta, ela é essencial para que possamos nos expor ao mundo com coragem e confiança.

Aquele que não ama a si próprio, não reconhece em si qualidades e talentos e se acha inferior ao resto do mundo, dificilmente conseguirá amar verdadeiramente o outro, pois seu amor será sempre revestido de medo.

Quando não nos amamos, tememos que o outro descubra que não somos bons o suficiente para merecer seu amor e nos empenhamos desesperadamente em satisfazer os seus desejos, como forma de garantir a afeição que ele sente por nós.

Esta consciência só nasce a partir de uma profunda reflexão acerca de nossas qualidades e defeitos e do entendimento de que somos únicos e especiais, não importa o quanto tenhamos errado ou nos desviado da Verdade.

Sempre é tempo de recuperamos a nossa auto-estima se reconhecermos que os erros são fundamentais em nosso processo evolutivo. Se formos capazes de nos amar apesar de nossos fracassos, certamente estaremos nos dando a oportunidade de trilhar novos caminhos e descobrir em nós poderes até então desconhecidos.

Um Dia, Vinte Anos, Duas Pessoas: conheça este fenômeno

Romance de David Nicholls promete sucesso na literatura e também nos cinemas; este é o novo "Código Da Vinci"?

Anote o nome deste livro: Um Dia. Ou se preferir "Um Dia, Vinte Anos, Duas Pessoas". Este é o novo romance do inglês David Nicholls que promete recordes nos mundos da literatura e do cinema. "Um Dia" já virou filme, com Anne Hathaway e Jim Sturgess (veja vídeo do trailer do filme "One Day" abaixo). E também já virou sinônimo de "melhor livro do ano". É isso mesmo! Faça uma busca no Google: Um Dia, Vinte Anos, Duas Pessoas melhor livro do ano? Reparou no número de críticas com elogios ao livro de David Nicholls? Pois "Um Dia" promete ser o novo "O Código Da Vinci" de 2011. Nos EUA ele já estourou, afinal estreou ano passado. Aqui no Brasil, 2011 é o ano de "Um Dia". 

"Um jovem casal se conhece no dia da formatura da faculdade, em 15 de julho de 1988. Eles se amam e depois se despedem. Para nunca mais se encontrarem? Não. Emma Morley e Dexter Mayhew ficarão juntos. E Emma vai contar no livro como foram os 19 anos seguintes do dia 15 de julho. Eles vão envelhecer nas páginas do romance. Emma é uma intelectual que leva anos para descobrir que, sim, é atraente para os homens. Ela é professora. Já Dexter é viajado, conquista qualquer mulher que quiser e ainda se torna um apresentador de televisão. Segundo a crítica, "o texto de David Nicholls cativa quem ainda tem décadas pela frente, e quem acabou de passar por elas". 

 Entre os leitores fãs de "Um Dia", é recorrente elogiar o livro como "fofo". O "fofo" vai mesmo se tornar um novo fenômeno. 




“Narrado com um discernimento tão preciso e verdadeiro que chega a ser constrangedor. Se você terminou a faculdade nos anos 1980 (ou não) sem uma ideia clara do que iria acontecer depois, ou sobre quem os seus amigos se tornariam, este é o livro. Mas se isso não aconteceu com você, não importa: este continua a ser o livro.”

sábado, 20 de agosto de 2011

As fases do amor



O amor passa por fases distintas, como muitas outras coisas que fazem parte da vida. Assim que se inicia, ele é como um conto de fadas, nada parece estar fora do compasso, tudo flui de modo harmonioso e perfeito.

Mas, como a perfeição é um ideal que só existe em nosso desejo, à medida que começam a se desfazer as ilusões e fantasias criadas em nossa mente, o pólo contrário começa a surgir. Visto que a mente é sempre dual e se baseia nos opostos, o encantamento inicial é substituido pela decepção e um sentimento de que nossos sonhos foram traidos.

Além disso, as qualidades que enxergávamos no outro, passam para o segundo plano e os defeitos assumem uma posição de destaque. Se nosso lado sensato consegue predominar, ultrapassamos esta etapa e passamos a enxergar nosso par exatamente como ele é, um ser humano que, assim como nós, vivencia acertos e tropeços.

Aqueles que, ao contrário, ainda se encontram imaturos, insistirão em buscar o ser perfeito que, acreditam, virá realizar todos os seus sonhos. E sentirão muita raiva e frustração ao descobrirem que a pessoa na qual depositaram todas as suas esperanças, não conseguirá realizar os seus desejos.

Amar exige um conhecimento profundo de si mesmo, pois somente deste modo poderemos entender e conhecer outro ser humano. A única possibilidade de alcançar equilibrio na relação com o outro é aceitá-lo como é e mostrar-se sem qualquer disfarce.

Somente quando abandonamos a fase da ilusão e vivenciamos o amor de forma madura é que podemos vislumbrar a real dimensão que ele pode assumir, e experimentá-lo como uma das mais gratificantes experiências que a vida tem a nos oferecer.

....O amor é um domingo.
Cansado - cansado das falsidades, cansado das máscaras, cansado de mostrar faces feias e não verdadeiras às pessoas, e continuamente reprimindo seu ser - a pessoa quer alguém com quem possa ser ela mesma totalmente - relaxada, à vontade, tranqüila.

Assim, se você ama uma pessoa, desde o início, nunca seja não verdadeiro. Se o amor desaparecer, é melhor que o relacionamento seja quebrado. Ele tem que ser quebrado - porque não há qualquer sentido em tal relacionamento. Se a sua verdade for aceita, se você for aceito, somente então este é um amor que vale a pena. Então você cresce através dele.

... Em um simples momento, a pessoa pode mudar completamente. Ela estava muito alegre e pode se tornar muito triste. Exatamente um momento antes ela estava pronta para morrer e no momento seguinte ela está pronta para matá-lo. Mas a humanidade é assim. Isso traz uma profundidade, traz surpresas e um tempero... Caso contrário, a vida seria muito entediante.

Tudo isso é belo. Tudo isso são notas de uma grande harmonia. E quando você ama uma pessoa, você ama essa harmonia e aceita tudo que compõe essa harmonia. Algumas vezes está chovendo, outras vezes o céu está escuro e cheio de nuvens, e outras vezes as nuvens desaparecem e ele fica repleto da luz solar. Algumas vezes é muito frio e outras vezes é muito quente. E exatamente desse mesmo jeito, o clima humano vai mudando, todas as coisas vão mudando. Quando você ama uma pessoa, você ama todas essas possibilidades. Infinitas são as possibilidades e você ama todos os matizes e tons.

Assim, seja verdadeiro e ajude-a a ser verdadeira. Então o amor se torna um crescimento. Caso contrário. O amor pode se tornar uma coisa muito venenosa. Pelo menos, não corrompa o amor. E lembre-se, ele não é corrompido pelo ódio. Ele é corrompido pela falsidade. Ele não é corrompido pela raiva, nunca. Mas ele é destruído por uma pessoa não autêntica, por uma falsa face.

O amor somente é possível quando existe a liberdade de você ser você mesmo, sem qualquer vigilância, sem qualquer restrição. Você simplesmente está fluindo. O que você pode fazer? Quando você está rancoroso, você está rancoroso. Quando as nuvens estão no céu e o sol está brilhando, o que você pode fazer? E se a outra pessoa compreende e ama você, ela aceitará, ela o ajudará a sair das nuvens - porque ela sabe que isto é apenas um clima que vai e vem - estes são apenas humores, são fases passageiras, e por trás dessas fases passageiras está a realidade, o espírito da pessoa, a alma.

Quando você aceita todas essas fases, logo os vislumbres da alma verdadeira começam a acontecer para você. Continue meditando e faça de seu amor uma meditação também. 

Gente que eu gosto…


Gosto de gente que vibra,
que não é necessário empurrar,
que não se tem que dizer que faça as coisas
e que sabe o que tem que ser feito
e o faz em menos tempo que o esperado.


Gosto de gente com capacidade de medir as consequências de suas ações.
Gente que não deixa as soluções para a sorte decidir.
Gosto de gente exigente com seu pessoal e consigo mesma,
mas que não perde de vista que somos humanos
e que podemo-nos equivocar.


Gosto de gente que pensa que o trabalho em equipe entre amigos
produz às vezes mais que os caóticos esforços individuais.
Gosto de gente que sabe da importância da alegria.
Gosto de gente sincera e franca,
capaz de opor-se com argumentos serenos e racionais às decisões de seus superiores.


Gosto de gente de critério,
que não sente vergonha de reconhecer
que não conhece algo ou que se enganou.
Gosto de gente que ao aceitar seus erros,
se esforça genuinamente por não voltar a cometê-los.


Gosto de gente capaz de criticar-me construtivamente e sem rodeios:
a essas pessoas as chamo de meus amigos.
Gosto de gente fiel, persistente e que não descansa quando se trata de alcançar objetivos e ideais.
Gosto de gente que trabalha para lograr bons resultados.
Com gente como essa, me comprometo a tudo,
já que por ter esta gente ao meu lado me dou por satisfeito.


Mário Benedetti